Resenha: Extraordinário | R.J. Palacio


August Pullman, tinha dez anos, era um garoto normal, a não ser pela deformidade genética com que nasceu, tendo feito muitas cirurgias, mas as sequelas da sua deformidade iriam permanecer para sempre em seu rosto. Por esse motivo não ia à escola, ele foi educado em casa pela mãe. Chega um momento em que seu pai acha que já era hora de ele ir para a escola. Ele iria para a quinta série, já não é fácil mudar de escola, ou entrar, imagina com um rosto diferente dos demais? 

As duas capas do livro(eu tenho a azul).
A mãe de Auggie(apelido carinhoso dado pela família) marca uma visita na escola para August conhece-lá, chegando lá quatro crianças(três meninos e uma menina), da mesma idade de Auggie, o levam para conhecer à escola. E um destes garotos se torna o melhor amigo de August, o Jack Will, os dois sentavam juntos nas aulas, riam, brincavam... Mas na hora do almoço Jack o deixava e ia se sentar com os outros, Auggie almoçava sozinho, até que um dia uma menina chamada Summer senta-se no almoço com August Pullman , desde então viraram muito amigos.

August enfrenta situações difíceis, mas ele aprendeu a ignorar estas situações, como quando alguém olha para ele, e ele nota, à pessoa que estava o olhando disfarça. Sua família o da todo apoio possível, mas isso era uma coisa em que ele teria de enfrentar, pois somente ele passava por isso, mais ninguém. Isso o tornou mais forte perante as atitudes das pessoas.
Bem, se eu falar mais, vou acabar dando spoiler, então vou dar minha opinião sobre o livro.

Eu posso afirmar que gostei muito deste livro, a leitura é rápida, fácil, divertida,... Os capítulos do livro são narrados por Auggie e as pessoas que o rodeiam, como Jack, Summer, sua irmã Olivia(a família a chamava de Via), o namorado de Olivia, o Justin,... O capítulo do Justin me confundiu muito, pois ele não usa travessão para começar as falas, ficou confuso, mas isso o deixou mais interessante. 

Tinha partes que eu me senti muito triste pelo que Auggie passava, pois eram situações difíceis e qualquer um no lugar dele iria ficar muito triste. A questão do bullying é muito bem abordada no livro. Minha parte preferida do livro é quando August diz:''Toda pessoa deveria ser aplaudida de pé pelo menos uma vez na vida, porque todos nós vencemos o mundo.''



Você também poderá gostar

2 comentários:

  1. Li esse livro mês passado e amei, achei a história do Auggie muito bonita, e ele é um menino tão forte, tão cheio de vida apesar de tudo que ele sofre...Eu me emocionei muito com o final do livro onde o diretor faz o discurso. É realmente um ótimo livro recomendo muito a todos! A capa do meu também é a azul, mas duas são lindas *-*

    Abraço
    http://justonemomentt.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Sim, eu achei o livro perfeito. Que bom que gostou Maiah!

    ResponderExcluir