Resenha: A Dama das Camélias | Alexandre Dumas Filho

Capa do livro
O livro conta a história do romance de Armand Duval e a cortesã Marguerite Gautier.
A história começa com a noticia do leilão dos bens de Marguerite que estava morta, e ainda tinha muitas dividas para pagar. Suas dívidas foram pagas com o leilão e sobrara dinheiro.O " narrador " comprou um livro leiloado de Marguerite, ele tinha uma dedicatória, o livro falava que uma mulher morreu com o coração no deserto, como Marguerite. A dedicatória era de Armand Duval. Então ele vai na casa do narrador tentar comprar o livro e o narrador o dá de presente.O narrador começou a procurar Armand, pois ele queria saber mais sobre Marguerite. Então ele vai ao túmulo de Marguerite, era o túmulo mais bonito sempre com flores novas, eram sempre brancas e vermelhas. O narrador descobre com o coveiro que Armand mandava sempre colocar novas flores no túmulo. Ele marca um dia de se encontrar com o narrador para contar seu romance com Marguerite. Então o narrador acaba virando amigo de Armand, que contou a sua história de amor com Marguerite.
Marguerite era uma jovem, muito bela mas estava muito doente, e mesmo assim não deixava de lado as suas idas ao teatro, no qual sempre levava um binóculo, um saco de bombons e um buquê de camélias, que durante 25 dias eram brancas e 25 vermelhas, festas e jantares que escandalizavam a cidade de Paris. Era protegida de um Duque, o qual pagava seu alto custo de vida, ele à tratava como uma filha já ela o tratava com certo desprezo. Armand era um jovem advogado, o pai viúvo e a irmã viviam no interior. Ele vivia com seu salário e uma mesada que recebia de seu pai.
Após Armand a vê-la no teatro não parou de pensar na mesma, estava completamente apaixonado por ela. Ele ia todos os dias no prédio de Marguerite, perguntar ao porteiro sobre sua saúde. Um dia consegue conversar com ela por meio de sua amiga, Prudence, amiga e vizinha de Marguerite. Quando conversaram Armand declara todo seu amor por Marguerite e começam a se encontrar as noites. Armand começa a sentir ciumes de Marguerite com  o conde. Ah, me esqueci de dizer que essa história é verdadeira.
Ilustração
Vou para por aqui, porque se não vou estragar a leitura de vocês.
Eu li a adaptação de Walcyr Carrasco então se faltar alguma coisa será por causa disto. Gostei muito da história, ela mostra como ex-cortesãs eram vistas na sociedade e a discriminação em relação à elas. Um dos primeiros romances que eu gosto, pois não é aquele romance ''mamão com açúcar'' e sim um romance que mostra o que realmente acontece. Outra coisa que me agradou muito também foram as ilustrações por Alexandre Camanho, com certeza muito belas, sem dizer que esse livro é um clássico da literatura.
Ilustração
Alexandre Dumas, o pai do autor de  A Dama das Camélias, escreveu Os Três Mosqueteiros, O Conde de Monte Cristo, O Mascara de Ferro e outros.




Você também poderá gostar

Nenhum comentário: