Resenha: A Guerra dos Tronos | George R. R. Martin

Capa
Título: A Guerra dos Tronos
Autor: George R. R. Martin
Páginas: 592
Editora: LeYa
Tradução: Jorge Candeias
Lançamento: 6 de agosto de 1996


Sinopse: Quando Eddard Stark, lorde do castelo de Winterfell, aceita a prestigiada posição de Mão do Rei oferecida pelo velho amigo, o rei Robert Baratheon, não desconfia que sua vida está prestes a ruir em sucessivas tragédias. Sabe-se que Lorde Stark aceitou a proposta porque desconfia que o dono anterior do título fora envenenado pela manipuladora rainha - uma cruel mulher do clã Lannister - e sua intenção é proteger o rei. Mas ter como inimigo os Lannister pode ser fatal: a ambição dessa família pelo poder parece não ter limites e o rei corre grande perigo. Agora, sozinho na corte, Eddard percebe que não só o rei está em apuros, mas também ele e toda sua família.


O livro começa em Winterfell, o castelo da casa Stark e considerado capital do norte, quando Eddard Stark, mais conhecido como Ned, recebe a noticia de que seu amigo Jon Arryn, a Mão do rei, havia falecido em Porto Real, a capital de Westeros, e que o rei Robert Baratheon e a corte estão vindo para Winterfell. 
 Quando o rei e toda a corte chegam em Winterfell, Robert convida Ned para ser sua nova Mão, ele aceita, mas seu principal objetivo na capital é investigar a morte de Jon Arryn. Ned leva suas duas filhas, Sansa Arya, junto para Porto Real. Deixando sua esposa, Catelyn, e seus três filhos, RobbBran e Rickon. Ele manda seu bastardo, Jon Snow, por quem Catelyn nutre um verdadeiro ódio, para se juntar a Muralha e se tornar um Guardião da Noite.Depois de Ned sair de Winterfell, a trama realmente começa a se desenvolver e ficar cada vez melhor. 

Patrulha da Noite
 O que você acabou de ler acima não representa nem 10% da história deste livro. Martin conseguiu criar um universo completamente novo e com personagens tão marcantes, e tem tantos nomes, que você até fica confuso, as vezes você até se lembra dos nomes dos personagens secundários, mas os que você realmente se lembrará serão os ligados aos personagens de ponto de vista . O livro é narrado por personagens de ponto de vista.  
 Os personagens de ponto de vista são: 
Eddard Stark, lorde de Winterfell e protetor do norte, um homem honrado, exceto por ter tido um bastardo. É um personagem muito foda( não queria usar essa palavra, mas ok), mas falta-lhe astucia. 
Jon Snow, bastardo de Ned, mas quem é a mãe? Jon vive pensando nisso. Jon recebeu a mesma educação que os filhos legítimos, mas não o carinho de Catelyn. Tem as características dos Starks, que todos seus irmãos legítimos não tem.  
Catelyn Stark, esposa de Ned, ela é da casa Tully, gostei muito da personagem, pois faz de tudo para proteger os filhos.  
Sansa Stark, filha de Ned e Catelyn, sonha em se casar com um príncipe, ter filhos, e ser feliz para sempre, mas ela não sabe que a vida não é uma canção de cavaleiros e donzelas que é acostumada a ouvir. 
Brandon Stark, também filho de Ned e Catelyn, vive escalando o castelo de Winterfell. Seus capítulos são melancólicos, e percebe-se que por eles o autor passa a misticidade presente em Westeros através de histórias que a Velha Ama lhe conta. 
Arya Stark, também filha de Ned e Catelyn, é bem diferente da irmã, não sonha em se casar, nem gosta da vida pacata das garotas, ela quer mesmo é atirar flechas em um arco e lutar com uma espada. 
Tyrion Lannister, um anão, é o personagem mais legal, é da poderosa casa Lannister, vive de maneira incorreta de acordo com os padrões da família. Irmão da rainha Cersei. 
Daenerys Targaeryen, uma jovem distante da realidade atual, filha do Rei Louco, deposto por Robert Baratheon, teve de se exilar com o irmão, Viserys, para se manterem a salvo. Vivem de favores em terras estranhas. Acreditam conseguir tomar o Trono de Ferro novamente. 
Fortaleza da Patrulha 
 O livro é surpreendente, nele não se tem personagens bons ou maus e sim personagens humanos, que tem sua porção de bondade e de maldade, como acontece na realidade. Gostei muito do livro, são 591 páginas, contando o índice, agradecimentos e nota do tradutor, mas o pior é que você começa a ler e quando você olha leu um monte de páginas. Esse é o livro mais fino da coleção As Crônicas de Gelo e Fogo. O bom desta série é que tudo pode acontecer, ninguém está protegido de algo. Sem dizer que os livros foram adaptados e se transformaram em uma série na HBO, sendo a mais popular do canal, ultrapassando ''Sopranos''.


Você também poderá gostar

Nenhum comentário: