Filme: Que Horas Ela Volta?



Olá pessoal, tudo bem? Hoje vamos falar sobre um filme que assisti no sábado (21) e fiquei muito surpreendido, o filme é Que Horas Ela Volta? dirigido pela Anna Muylaert; ele traz diversos temas que merecem mais atenção e que acontece diariamente na nossa realidade, nem que seja inconscientemente.

Para começar eu achei muito genial chamarem a Regina Casé para fazer o papel principal, da Val, uma empregada doméstica nordestina que foi pra São Paulo em busca de oportunidades para si e para sustentar sua filha que ficou no Nordeste, a Jéssica (Camila Márdila).

Val trabalha para um casal paulistano, cuidando do filho deles, o Fabinho (Michel Joelsas). Val acabou se tornando como uma mãe para Fabinho, já que sua mãe vivia praticamente trabalhando e mal passava algum tempo com o filho. E o mesmo aconteceu com Val, sua filha cada vez mais foi se distanciando até que pararam de falar por um tempo, e um dia Jéssica liga para Val e diz que vai prestar vestibular em São Paulo e iria ficar com a mãe.

Com essa notícia as coisas começaram mesmo a se desenvolver, o filme une comédia com drama. Ele mostra como as classes sociais estão se modificando, Jéssica é o símbolo disto, quando ela contesta a mãe sobre o que os “pobres já nasceram sabendo”, ela não liga para nada disso.

Cartaz do filme

A patroa (Karine Teles) se mostra ser aquelas vilãs de novela que esnobam as outras pessoas sabe? Eu também achei que ela ilustrou muito o jeito paulistano. Ela teve atitudes que me fizeram sentir repulsa a personagem, como quando ela subestimou Jéssica, mas ela teve o troco, e isso acontece muito: as pessoas mais ricas subestimarem os mais pobres, pensando “aquele/a lá não vai chegar a lugar nenhum”, mas o filme mostra que com determinação qualquer um pode ser qualquer coisa.

Gostei muito da posição das câmeras no filme, elas davam uma ótima visão dos ambientes, dos edifícios e tudo mais. Achei o filme parecido com o filme Central do Brasil, principalmente em como ele retrata os temas e não deixa a história somente dramática. Que Horas Ela Volta? foi lançado em Agosto e ganhou o prêmio da 
Confederação de Cinemas de Arte e Ensaio na seção Panorama do festival de Berlim.


Eu super recomendo vocês a assistirem esse filme, ele é realmente bom. Eu estou torcendo bastante para o filme conquistar o Oscar em 2016 pelo Melhor Filme em Língua Estrangeira. Acho muito importante dar enfoque para o cinema nacional, pois ele não é valorizado, e o pessoal só consome filmes internacionais. Por um mundo que tenha mais filmes como esse hahahaha.


Você também poderá gostar

6 comentários:

  1. Oi! Adorei essa resenha só escuto coisa boas sobre o filme estou louca para ver.
    Conheci seu blog através do cbbloggers, já estou seguindo, beijos.

    Visite: http://carpediemmica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é ótimo mesmo Macaeli, assista mesmo é muito bom!
      Entrei no teu blog e achei super legal, já estou seguindo também!
      Abraços!

      Excluir
  2. Que legal!! Fiquei com vontade de assistir esse filme ^^ Ótima resenha, Gabriel!!
    Até mais!

    http://suenefernandes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Suene, assista pois o filme é bom mesmo!
      Abraços.

      Excluir
  3. Olá Gabriel parabéns pela resenha olha eu fiquei bem curiosa em ver o filma muito obrigado pela dica beijos da Ju

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado, fico feliz que tenha gostado! Assiste o filme mesmo, é bom.
      Abraços!

      Excluir